NOTÍCIAS

A BIBLIOTECA ESTAÇÃO LEITURA REABRE COM NOVO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

30/07/2018

 

 

Referência na área de cultura, a biblioteca popular agora atende às segundas, terças, quintas e sextas, à tarde.

 

A Biblioteca Estação Leitura, situada dentro da estação Central do MetrôRio, reabre as suas portas. Após uma grande pesquisa com o público local, o horário de funcionamento muda para segundas, terças, quintas e sextas, das 14h às 20h. Segundo sua gestora, Cristina Oldemburg, o novo horário visa atender melhor aos leitores.

 

“Se abrindo em dias alternados pela manhã e à tarde conseguimos realizar mais de 75 mil atendimentos nos últimos 4 anos, imagina o que podemos fazer em um horário que as pessoas têm menos pressa e em que o fluxo da estação aumenta?”, constata.

 

Visando a troca do conhecimento, a Biblioteca Estação Leitura completa 4 anos de funcionamento com números significativos. Foram 4.302 livros catalogados, 5.231 leitores cadastrados, 26.703 empréstimos e 9.168 renovações. Nesta biblioteca popular o livro é um agente social que se propõe ser um instrumento fomentador do pensamento crítico, diante de questionamentos que fazem parte do nosso cotidiano. Através da leitura é possível se vislumbrar novos horizontes e se questionar/refletir sobre diversos pontos de vista.

 

Logo após sua reinauguração, a Biblioteca Estação Leitura prepara uma nova edição do Encontro com Territórios, um evento que reforça o modelo de "lançamentos sociais" onde os autores convidados são entrevistados pelo jornalista Claufe Rodrigues e autografam suas obras que são distribuídas gratuitamente ao público. “Nosso objetivo é investir em estratégias de estímulo à leitura, formando uma base extensa de leitores, além de estimular o pensamento crítico por meio destes encontros, que costumam reunir mais de cem pessoas em cada edição. Acreditamos que ao receberem as obras, os leitores criam uma sensação de pertencimento e passam a desenvolver um vínculo afetivo com o livro e seus autores.”, explica Cristina. Para o segundo semestre de 2018, a Biblioteca prepara o Encontro com 05 autores, além de um grande evento no mês de novembro em homenagem à Consciência Negra no Brasil, que alia entrevistas com autores, lançamento de livros, sessão de autógrafos e exposição de fotos na Galeria Arte e Literatura, anexa à biblioteca, na estação Central do metrô.

 

Sobre a biblioteca

Estação Leitura é uma biblioteca popular, localizada na estação Central do MetrôRio, estação mais movimentada do sistema metroviário por conta da integração com a rede ferroviária da cidade. O projeto atende a um público variado, moradores do Rio de Janeiro e municípios vizinhos, tais como Duque de Caxias, Belford Roxo, Queimados, Nova Iguaçu, Nilópolis. A faixa etária de leitores é entre 18 e 90 anos (além dos pais que fazem empréstimos de livros infantis/juvenis para seus filhos). São homens e mulheres com as mais diversas atividades profissionais: diaristas, publicitários, vendedores, fisioterapeutas, estudantes, professores, médicos, donas de casa, acompanhantes, operadoras de caixa e de telemarketing, entre outras.

 

A Estação Leitura incentiva a cultura através do acesso gratuito a livros, aos talk shows e às atividades literárias. Tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura, do MetrôRio e da PwC Brasil, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura - Lei do ISS, conta com apoio do Instituto Invepar e a realização da Oldemburg Marketing Cultural. O atendimento é gratuito ao público e realizado segundas, terças, quintas e sextas, das 14h às 20h com os serviços de cadastro, devolução e empréstimo de livros por até sete dias, além de distribuição gratuita das obras lançadas durante seus eventos. Dispõe de catálogo digital de todo o acervo na página oficial do projeto (Facebook -www.facebook.com/estacaoleiturametrocentral) e catálogo de consulta por título, autor e assunto/gênero, na própria biblioteca.

 

Sobre a gestora

Filha de uma professora e pedagoga que dirigiu duas escolas municipais do Rio de Janeiro, Escola Espírito Santo, em Cavalcanti, e da Escola Municipal Levy Neves, em Tomáz Coelho, Cristina Oldemburg nasceu em Cavalcanti e cresceu em meio a ações comunitárias de sua mãe para o incentivo à leitura das crianças do bairro. Formada em educação física e professora de folclore por 15 anos, formou-se como produtora cultural e criou a própria empresa de projetos. Com apoio dos governos federal, estadual e municipal montou mais de 865 bibliotecas comunitárias em instituições públicas, principalmente no interior do Brasil, em áreas sem acesso ao livro, que, não fosse sua iniciativa, não teriam acesso a esse tipo de ferramenta cultural. Além de estruturar o projeto, a produtora acompanhou cada passo da execução e foi a responsável pelo treinamento do atendimento e gestão das bibliotecas. Há quatro anos assumiu o compromisso com o MetrôRio de montar a Estação Leitura, e, por iniciativa própria, resolveu gerir a biblioteca para ter acesso de perto ao desafio que é administrar um universo que funciona como um agente social na vida das pessoas.

 

Sobre a Secretaria Municipal de Cultura

Uma cultura plural, inclusiva e diversa. A Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro destaca a importância da cultura como forma de gerar trabalho, renda e dignidade, principalmente de desenvolvimento humano. A cultura é um ponto de pacificação. Ela tem um papel transversal em toda sua ação. A cidade do Rio de Janeiro, capital do país por tantos anos, é, ainda hoje, reconhecida como a capital cultural do país, polo de criatividade no cinema, no teatro, na dança, na música, na literatura, rica em equipamentos culturais de qualidade e importância, como museus, bibliotecas, casas de espetáculo, e, paralelamente a todos esses valores, também nas ruas, em cada esquina, em cada praia, em cada beco, em cada viela esta mesma criatividade se manifesta e inspira nosso trabalho todos os dias.

 

 

Serviço:

Biblioteca Estação Leitura

Local: estação Central do metrô, ao lado da Empada com Arte

Dias: segundas, terças, quintas e sextas

Novo horário: das 14h às 20h

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Avenida Almirante Barroso, 52/ 3001

Centro, Rio de Janeiro, RJ

CEP 20031-000

MAPA DO SITE

© ekloos 2017    |    Instituto Invepar  |    Todos os direitos reservados